quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

PASTOR AFIRMA QUE FORTOGRAFOU O DIABO


Postado por Renato Vargens Terça-feira, Dezembro 27, 2011 21:09:00

Um pastor disse que fotografou o diabo quando registrava imagens no mercado existente na fronteira entre a República Dominicana e o Haiti. Ele diz que pode submeter a imagem a qualquer especialista para provar que não houve manipulação e que ele não está brincando.

“Não é uma montagem, não perco tempo com isso e não sei fazer essas coisas” foram as palavras do pastor Francisco Alberto Rosa Feliz. Ele explicou que costuma fotografar com seu celular tudo que acha interessante.

Ele foi ao mercado no dia 19 de dezembro e fotografou algumas bancas de frutas. Quando chegou em casa para ver com calma as imagens, descobriu que o diabo fora retratado de forma inesperada.

Surpreso, procurou ajuda para fazer o download da imagem, pois não tinha bluetooth nem cabo USB consigo. O pastor Francisco vasculhou as centenas de fotografias de paisagens diferentes que armazena no celular, mas só havia uma foto com a imagem demoníaca .

Ele diz ter certeza que o diabo estava no mercado binacional da fronteira do Haiti. Lembrou das imagens do demônio na fumaça durante os atentados de 11 de setembro contra as torres gêmeas. Também disse que isso pode ser um sinal e que os não-crentes devem buscar a Deus.

Pois é, preciso confessar que fico impressionado com a quantidade de gente que diz ter visto o cão. É gente que foi ao inferno, que falou com o cramulhão, e que conheceu detalhadamente seus planos. Ora, vamos combinar uma coisa? Esse pessoal pensa mais no capeta do que em Deus. Infelizmente Existe um número incontável de cristãos “obcecados” pelo diabo. Para estes o cramulhão é culpado de todas as desventuras da vida. Basta um tropeção na rua, que a culpa é do cão, ou quebrar um objeto de estimação que o coisa ruim é acusado. Se porventura o cidadão levar uma bronca do chefe, é sinal de que o encardido está furioso.

Diante de afirmativas como essas, fico a pensar como começou essa obsessão que se transformou em paranóia para uma boa parcela dos crentes. Da Bíblia é que não foi, até porque, comportamentos como estes não possuem o menor embasamento teológico. Isto posto lembrei-me do Apóstolo Paulo quando pegou um navio que foi sacudido por uma terrível tempestade. Na oportunidade, a nau perdeu o rumo, sofreu naufrágio e os tripulantes e passageiros que estavam a bordo quase morreram. Contudo, em nenhum momento se viu uma só palavra de Paulo culpando Satanás. Pelo contrário, antes do navio zarpar ele havia percebido condições climáticas que desaconselhavam a viagem, e com bom senso deduziu que seria melhor permanecer onde estavam.

Ora, infelizmente virou moda culpar o diabo pelos erros cometidos, em outras palavras isso significa que quando alguém peca a culpa é sempre do demo. Nesta perspectiva, o adultério, a prostituição, a ira, a inveja e outras coisas mais, deixaram de ser obras da carne, para se transformarem em investidas satânicas.

Caro leitor, o Senhor ensinou que a prostituição, o adultério, a malícia e todo tipo de pecado procede do coração do homem e que a prática de tais pecados se deve exclusivamente a natureza humana que é depravada e pervertida. A grande questão é que é muito mais simples culpar o encardido do que assumir erros. Na verdade, este é o problema de muitos: transferir responsabilidades, até porque, é mais fácil jogar a culpa é no diabo do que assumir falhas.

A luz disto pergunto: Que tal assumir seus erros diante de Deus? Davi é um claro exemplo de alguém que não culpou o demo por seus pecados, antes pelo contrário, rasgou a alma depositando diante do Senhor seus erros e pecados afirmando: "Pois eu conheço bem os meus erros, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti eu pequei, somente contra ti, e fiz o que detestas. Tu tens razão quando me julgas e estás certo quando me condenas" - Salmos 51:3-4.

Nenhum comentário: